fbpx
Notícias, Tecnologia

O comércio de criptomoedas: como comprar, vender e investir.

Criptomoedas
Há quem diga que as criptomoedas serão as únicas utilizadas no futuro

O bitcoin surgiu em 2009, como uma nova forma de negociar online,sendo uma das  criptomoedas mais prática e dinâmica que as demais.

Ganhou muitos adeptos ao longo dos anos e investidores no mercado de valores, mantendo-se firme entre as formas alternativas e inovadoras de pagamento, mesmo controversa e vítima de críticas, por parte de alguns economistas.

Entender como o sistema funciona é mais simples do que parece e exige apenas um pouco de atenção e paciência;

O investimento nesse meio, porém, demanda cautela e bastante estudo. Se é do seu interesse entender mais sobre esse mundo, aqui está o essencial:

Como comprar e vender criptomoedas?

O primeiro passo é a acessar o site Mercado BitCoin, facilmente encontrado após uma pesquisa. Um cadastro simples e rápido deve ser feito e, depois de disso, você tem acesso ao sistema de compra e venda de moedas digitais.

É como a comercialização de vários outros produtos disponíveis na internet: você seleciona a moeda digital que deseja comprar,dentre das opções tem:

  • Bitcoin
  •  Litecoin
  • Ethereum
  • BlackCoin entre outras.

Seleciona a quantidade de moedas que quer adquirir e paga por elas em dinheiro real, seja qual for a moeda (real, dólar, euro, todas são aceitas).

A partir do momento que o pagamento é efetuado, os bitcoins são transferidos para a sua conta.

Para vender, também há a opção disponível no site. Você seleciona quantas quer comercializar e outra pessoa interessada, mantida no anonimato, efetuará a compra.

Essas negociações podem ser feitas entre duas pessoas ou entre uma pessoa e a corretora de valores do mercado  de criptomoedas (chamada Exchange).

As Exchanges servem para realizar transações, orientar os usuários e muito mais. O anonimato é uma das características desse mercado.

Mas para evitar transtornos, é possível encontrar Exchanges de confiança com pesquisas simples na internet ou uma volta por sites de reclamações.

Por mais que o sistema seja considerável confiável, vale a pena dar uma conferida.

Vale a pena investir no mercado de bitcoins?

É uma questão polêmica entre especialistas em economia, alguns asseguram que sim, por se tratar de um mercado promissor que tende a crescer conforme os anos,

Mas outros levam em conta a instabilidade deste exatamente como uma razão para não tomar o risco.

De qualquer forma, quem planeja aplicar dinheiro, precisa estudar, analisar e estar constantemente atento às variações e oscilações de valor.

O sistema dos Bitcoins é parecido com o da bolsa de valores: está variando constantemente, e essa variação é o que determina se os investidores obterão lucro ou não.

Conclusão

As transações comerciais através dos bitcoins podem ser realizadas por qualquer um, apenas em alguns cliques, e apenas o investimento nesse mercado exige um pouco mais de atenção por parte do pretendente.

Analisar, estudar, monitorar e se manter atento é essencial, caso você planeje apostar seu dinheiro em um mercado instável, porém futurista e relativamente lucrativo.

Há quem diga que as criptomoedas serão as únicas utilizadas no futuro e todos os tipos de trâmites comerciais passarão a ser realizados através delas.

Seja a previsão assertiva ou não, a verdade é que as controversas moedas invisíveis se mantêm sobre os holofotes desde que surgiram e a tendência é de que continuem.

Gostou desse artigo?! Compartilhe essa informação com seus amigos e colegas  e ajude  eles também.

Anúncios
Clique em PRÓXIMO para continuar navegando

Anúncios
Anúncios