Dicas

Como economizar na compra do material escolar das crianças?

Publicidade
 material escolar
Confira as dias de como economizar em 2020 com material escolar

A compra do material escolar é um pesadelo anual para as finanças de muitas famílias do Brasil inteiro, sem dúvida nenhuma.

A inflação aumenta os preços que aumenta o peso no bolso de quem, obrigatoriamente, precisa comprar esses produtos.

Para quem tem muitos filhos, então, o sofrimento é multiplicado algumas vezes.

Quem não se programa, não segue dicas para economizar e não se impõe limites, acaba sentindo o impacto nos gastos do final do mês.

Para te ajudar a diminuir o peso e o impacto financeiro desses gastos, reunimos aqui algumas dicas para economizar na hora da compra do material:

Dicas para economizar na compra do material escolar:

  • Reaproveite o que for possível de reaproveitar:

Muitas crianças acabam não utilizando todo o material do ano anterior.

É normal sobrarem algumas canetas, lápis de cor ou cadernos quase inteiros em branco. Se estiverem em bom estado, podem ser utilizados de novo.

Isso também vale para as mochilas. Comprar uma nova todos os anos, se a anterior ainda está conservada, é um gasto desnecessário.

  • Pesquise bem os preços:

A diferença no preço de um produto em determinada papelaria para aquela na rua de trás pode fazer toda a diferença, no gasto final.

Portanto, não tenha preguiça de passear entre as lojas e analisar, comparar, comprar sempre onde os produtos estão mais em conta.

  • Pague a vista para conseguir descontos:

Aí vem a importância de planejar seu orçamento pensando no período de compra do material escolar:Ter uma quantia em dinheiro separada para essas compras te permite pagar a vista.

E, pagando a vista, você consegue negociar melhores descontos no preço final.

  • Parcele as compras:

É possível pagar aos poucos e não sentir tão impacto nas contas do final do mês.A dívida demorará mais para ser quitada completamente, mas suas finanças agradecem.

Conclusão:

O período de compras de material escolar requer que os pais tenham bastante jogo de cintura, para não acabar saindo no prejuízo.

É importante pesquisar bastante, comparar, negociar com as crianças também, já que elas parecem se atrair sempre pelo que é mais caro.

Comprar em outros períodos do ano também é uma boa dica, pois os preços disparam, quando a demanda aumenta.

Se atenha a lista de produtos necessários para a volta às aulas, estabeleça um limite de custo para te obrigar a buscar sempre os melhores preços.

Vale de tudo para diminuir o impacto nas suas contas.